O mapa do metrô de Londres

Boa segunda, gente! Hoje eu vou falar um pouco sobre o mapa do metrô de Londres, um ícone da cidade reconhecido no mundo todo.

mapa atual do metro de Londres

O metrô de Londres abriu sua primeira linha em 1863 e, com a sua expansão, um dos maiores desafios era como representar o sistema em um mapa que fosse fácil de entender nas estações e que coubesse no bolso. Isso porque a malha cobria uma extensão muito grande, o que tornava a representação em escala uma coisa complicada.

Mapa de 1908
Mapa de 1908

Foram dezenas de versões do mapa, que tendiam a se concentrar na parte central da cidade simplesmente pela impraticabilidade de se produzir um mapa em escala com toda a dimensão da rede, que se estendia até pequenas vilas no condado de Buckinghamshire, por exemplo.

Então, em 1931, Harry Beck encontrou a solução: uma representação em diagrama, que deu origem ao mapa como conhecemos hoje. A diretoria não tinha muita certeza se ia funcionar, já que o mapa não apresenta a localização geográfica e a distância entre estações, mas para Beck isso não era importante: o que importava, para o usuário, era como se locomover de uma estação para outra de forma eficiente e onde ele poderia fazer conexões com outras linhas.

Mapa do metrô de Londres Harry Beck 1931

Após uma tiragem-teste de 500 cópias ser distribuída em 1932, 700.000 cópias foram produzidas em 1933 e o sucesso foi imediato. Foi preciso encomendar uma reimpressão apenas um mês depois. Mas, apesar do sucesso, o mapa de Beck ainda tinha problemas – algumas estações mais distantes não estavam representadas. Em 1960, Beck foi substituído na missão de atualizar o mapa. Ele também tentou apresentar versões para o metrô de Paris, que não foram aprovadas. Até sua morte, em 1974, Beck continuou trabalhando em suas próprias versões do mapa, que hoje é um símbolo da cidade de Londres e inspiração para mapas de sistemas de transporte no mundo todo.

Mapa atual do metrô de Londres

mapas dos metros de los angeles paris osaka amsterdam
Em sentido horário, do topo: Los Angeles, Paris, Amsterdam, Osaka

E na semana passada, o mapa de Londres causou um pequeno rebuliço na internet porque a agência de transporte local (TfL) liberou um mapa geograficamente correto das estações de metrô e trem da cidade (o mapa inclui também linhas em construção). Isso aconteceu devido ao um pedido baseado na Lei de Liberdade de Informação, uma lei que permite a qualquer pessoa pedir qualquer informação a um órgão público – entende-se que, se você paga impostos, você tem direito de saber o que está acontecendo. E esse é o mapa:

Mapa geograficamente correto do metrô de Londres - central

Bem útil, é verdade, mas não tão charmoso quanto o original! 🙂

Para ver o mapa geograficamente correto do metrô de Londres em tamanho maior, clique aqui.

Imagens: Metrô de Londres (1908). Metrô de Londres (1931). Metrô de Londres (atual). Metrô de Paris. Metrô de Amsterdam. Metrô de Los Angeles. Metrô de Osaka.

Deixe um comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.