{Inspiração} Cores da estação

Ontem eu escrevi um post sobre as cores da Pantone para primavera 2015 e hoje eu trouxe do website Houzz algumas inspirações sobre como usar as essas cores.

Pintar as paredes e acrescentar elementos decorativos como cortinas, almofadas e tapetes são a forma mais simples de dar um update em um ambiente sem gastar muito ou ter muito trabalho. Veja algumas sugestões abaixo:

Aquamarine na parede {Contemporary Living Room by Mountain View Building Project Managers Harrell Remodeling}

Scuba blue nas cadeiras {Beach Style Dining Room by South East Architects LA Hally Architect}

 

Treetop nos azulejos  {Eclectic Kitchen by London Architects Brian O’Tuama Architects}

 

Strawberry Ice na poltrona {Traditional Living Room by London Interior Designers & Decorators Amory Brown}

Marsala nos azulejos {Contemporary Bathroom by East Anglia Architects Architect Your Home – Interior Your Home}

Classic blue nas portas e escada {Eclectic Staircase by Scotland Architects Emma Ellson Architects Ltd. t/a [BE]spoke}

Lavender Herb em tudo! {Traditional Bedroom by London Architects Des Ewing Residential Architects}

{Inspiração} Armário embaixo da escada

No último post, eu disse que um dos objetivos da semana era organizar o armário embaixo da escada. O armário embaixo da escada ficou mundialmente famoso nos livros e filmes do Harry Potter e, apesar de não ser um lugar adequado para guardar crianças, é um espaço super útil e versátil para guardar tranqueiras todas aquelas coisas que não cabem nos outros armários da casa.

Como nenhum dos meus projetos sai do papel sem antes passar pelo Pinterest, eu rapidamente colecionei ideias bem bacanas para transformar o meu armário num lugar civilizado. As ideias servem para qualquer armário que não tenha nada dentro – como prateleiras ou gaveteiros – ou para qualquer cômodo que seja usado como depósito. Inspire-se nos projetos abaixo!

(Clique nas fotos para visitar os sites dos projetos originais. Os sites abrirão em uma nova janela.)

O objetivo desse armário é guardar material para scrapbooking. Ele é bem básico, com caixas de plástico e prateleiras, mas cumpre o objetivo: é limpo, organizado e de fácil acesso.

Esse é um armário de banheiro, com espaço para toalhas e itens que não utilizados diariamente. Adoro essa ideia da tábua de passar pendurada na porta!

armário-cozinha

{Fonte: The Kitchn}

Essa é uma despensa pra lá de chique (clique na foto pra ver a cozinha toda!), gosto muito da ideia do carrinho – e outras coisas de rodinha, que facilitem a movimentação para limpeza ou para facilitar o acesso.

E vocês, como organizariam um armário embaixo da escada? O que colocariam?

Eu quero: Cooktop interativo

Eu já estava vindo aqui transformar esse blog em um muro das lamentações quando, de repente, aparece isso no meu feed de notícias do Facebook:

cooktop_interativo

Sabe quando uma coisa faz você pirar completamente? Então, eu já saí caçando no site da Whirlpool onde eu poderia comprar – e descobri que é só um protótipo. Buuuu! Mas olha como o conceito é legal no vídeo abaixo – infelizmente só tem em inglês, mas mesmo assim dá pra ver ele em ação. Confere aí embaixo!

Só imaginando, minhas receitas nunca mais ficariam todas engorduradas, nem eu tentando manter a tela do telefone ou do tablet ligada com as mãos sujas… Não vejo a hora de botar minhas mãos em algo assim. Meu cooktop atual já é da Whirlpool, foi a melhor coisa que fizemos pela nossa cozinha, já que é bem mais fácil de limpar que o fogão tradicional. E a Whirlpool é uma marca super boa: no Brasil é a dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid. E aí, o que vocês acharam? A introdução da tecnologia na cozinha é legal ou cozinha é lugar de livro de receitas e não de computador?

DIY: Parede de quadro negro

Como disse no post passado, faz tempo que eu queria fazer uma parede de quadro negro na minha cozinha. Já tinha escolhido a parede, só me faltava a atitude para ir na loja, comprar a tinta e botar a mão na massa. Eis que fim de semana passado eu decidi transformar minha cozinha. Saí, comprei a tinta, comprei um móvel (chega amanhã!) e fiz planos. Essa é a parede:

IMG_5176_DxO

Queria pintar tudo, do teto até o chão, da porta (à esquerda) até o fim do radiador. E assim foi feito. Minha parede é de gesso acartonado e bem porosa, então não fiz nada, só apliquei a fita adesiva e mandei bala. Dependendo da condição da parede, eu daria uma lixada antes. Eu usei um pincel macio e usei a tinta direto da lata. Dei duas demãos (e não tirei todo do processo, esqueci!), com duas horas de espaço entre as duas. Aí eu fui no supermercado e comprei giz. Na loja de material de construção tinha giz da mesma marca da tinta, mas eu achei caro e não comprei. Preferi dar uma pesquisada antes, para ter certeza que realmente estava caro. Achei esse por metade do preço, é de uma marca famosa de material escolar (principalmente giz de cera) e achei que valeria a pena. Hunf, se arrependimento matasse! Um giz super duro, riscou toda a parede. Mas minha filha gostou.

IMG_5179_DxO IMG_5181_DxO

Quase pintei toda a parede de novo, mas resolvi comprar outro giz e ver como seria. Fico feliz de ter feito isso, porque os riscos não são tão aparentes – a não ser que você esteja bem perto do quadro. E no fim das contas, mais cedo ou mais tarde, vai riscar tudo mesmo, então vou deixar como ficou e quando eu achar que está muito feio, eu dou mais uma demão. E o resultado final:

IMG_5193_DxO IMG_5194_DxOTada! Eu gostei do resultado final e tá todo mundo se divertindo com a novidade (menos as gatas, mas elas curtiram o plástico que eu coloquei para proteger o chão).

Duas dicas para quem quiser fazer uma parede dessas em casa:

  1. Deixe a tinta curar por uns 3 dias. É difícil com criança em casa, mas quanto mais tempo você deixar secar antes de usar, melhor ele vai ficar – eu só deixei umas 12 horas, não sabia dessa dica dos 3 dias, só fui pegar lendo outros blogs *depois* que eu já tinha usado.
  2. Pegue um giz branco e esfregue de lado por todo o quadro antes de usar pela primeira vez: isso ajuda o giz a aderir à superfície e fica mais fácil de apagar também.

Não sei se é verdade, mas no site de uma fabricante de tinta li que é melhor apagar com um papel toalha ou com um paninho úmido e evitar apagadores, mas não estava escrito o porque. Acabei não comprando apagador antes porque não achei nenhum com reviews boas, e depois dessa dica acho que não vou nem tentar.

E aí, quem mais de parede de quadro negro? Quero ver suas fotos! 🙂

Inspiração: quadro negro na decoração

Faz tempo que eu quero transformar uma das paredes da minha cozinha em quadro negro. Buscando inspiração, resolvi dividir algumas imagens com vocês:

lilblueboo-wall

shanty2chic-wall

goatandlulu-wall

designsponge-wall

styleathome-wallJenloveskev-wall

abeautifulmess-whitewall

Tem inspiração para todos os cômodos e todos os gostos. E além de paredes, essas tintas podem ser utilizadas em praticamente qualquer superfície.

A minha preferida é essa lousa branca, achei linda, pena que nunca encontrei essa cor – só preto, azul, verde, vermelho e rosa. Mas para quem quer se aventurar a fazer a própria tinta, siga o link {em inglês} e depois vem me contar se deu certo!

Créditos das fotografias: 1. Lil Boo Blue 2. Shanty 2 Chic 3. Goat and Lulu 4. Design Sponge 5. Style at home 6. Jen loves Kev 7. A Beautiful Mess