Prêmio RIBA House of the Year ~ Levring House

Levring House Jamie Fobert Architects banner

Boa tarde, gente! O post de hoje é a quinta casa finalista do prêmio RIBA House of the Year (1. 2. 3. 4.): a Levring House, projetada pelo escritório Jamie Fobert Architects. Localizada na área de conservação de Bloomsbury, em Londres, a casa de tijolos ocupa um terreno de esquina e completa uma casa mews* histórica. Do site dos arquitetos:

A nova residência foi desenvolvida em torno de uma reinterpretação do poço de luz londrino. Uma série de volumes sobem do subsolo até o topo da casa, envolvendo o poço de luz e abrindo todo o edifício para a luz do dia.

Internamente, a estrutura de concreto é exposta nas lajes e colunas. O exterior é coberto em tijolos e bronze. Os tijolos foram feitos a mão na Dinamarca.

Levring House Jamie Fobert Architects 01 Levring House Jamie Fobert Architects 02 Levring House Jamie Fobert Architects 03 Levring House Jamie Fobert Architects 04 Levring House Jamie Fobert Architects 05Levring House Jamie Fobert Architects croquis 01 Levring House Jamie Fobert Architects croquis 02 Levring House Jamie Fobert Architects modelo 3DLevring House Jamie Fobert Architects plantasLevring House Jamie Fobert Architects corte AA

Sendo sincera, essa não é a minha casa preferida. Talvez porque eu não tenha achado informação suficiente – nem pra escrever um post, quem dirá para formar uma opinião. Vou ver se consigo achar mais de detalhes e se, dessa forma, a casa ganhe o meu coração.

Imagens: Fotos. Modelo 3D e croquis. Plantas e cortes.

Mews: termo usado antigamente para descrever uma construção que era estábulo no pavimento térreo e acomodação residencial no pavimento superior. Atualmente o termo é usado para descrever pequenas unidades residenciais voltadas para um beco ou passagem de pedestres. A palavra é usada no plural mesmo quando é uma casa só.

Deixe um comentário!