Bruxelas e Amsterdam: como foi?

Banner_Bruxelas

Bom dia, gente! Olha, perdão pelo hiato involuntário nesse final de semana passado, o que aconteceu foi o seguinte: as férias incluíram férias de pensar que não tenho emprego (rs) e férias da internet, então não tinha o que postar no sábado e no domingo –  e prefiro não postar nada do que postar qualquer coisa. E ontem foi meu aniversário e eu acredito que todo mundo deveria ter folga no dia do próprio aniversário (quando morava no Brasil, meu niver sempre foi folga, agora é preto na folhinha, gente 🙁 ), então tirei o dia pra relaxar e pensar no que farei nos próximos 365 dias.

Essa semana vou eu falar das nossas férias, que foram amor verdadeiro, amor eterno. Não vou mentir pra vocês: foi cansativo. Fomos no maior estilo mochilão – mochila gigante, viagens de trem, pouco dinheiro e muita vontade de conhecer coisas novas.

Nosso roteiro era o seguinte: saímos de Londres na segunda a noite no Eurostar para Bruxelas, passamos a terça em Bruxelas e fomos para Amsterdam no Thalys na quarta-feira de manhã. Na quinta a tarde, fizemos o percurso de volta e chegamos de volta em Londres a noite.

Bruxelas

Em Bruxelas, nós tivemos a nossa primeira experiência com o airbnb (se alguém quiser experimentar, me manda um e-mail que eu tenho cupom de desconto!). A experiência não poderia ter sido melhor: a casa da nossa anfitriã era pertinho da estação e ela era um amor. Nós mostrou mapas da cidade, deu dicas do que visitar e de como chegar. Certamente usaremos novamente. Eu planejei o dia com ajuda da minha filha, que escolheu ir no Museu de Ciências Naturais e topou ir numa tour arquitetônica comigo – vou separar os posts para contar em detalhes nos próximos dias, incluindo o roteiro do passeio de arquitetura!

Amsterdam

Já em Amsterdam, decidimos ir freestyle, já que o objetivo era encontrar a minha irmã. Ficamos em um hotel chamado The Poet – recomendo pela localização, bem próximo à uma estação do tram (bonde?) e do Museu Rijks, mas os quartos são super pequenos, não serve pra quem precisa de espaço, rs. Conhecemos o mercado de flores, passeamos de barco e fomos no museu, um roteiro bem light para criança cansada 😀 .

Durante a semana vou falar mais sobre o que fizemos e vimos, mas a experiência foi tão boa que a minha menina até já escolheu o próximo destino: ela quer ir pra Paris! 🙂

Deixe um comentário!