Stirling Prize ~ NEO Bankside

Banner_Stirling Prize Neo Bankside

Bom dia, gente! Continuando nossa série sobre os finalistas do Prêmio Stirling (post 1. post 2. post 3.), o quarto projeto: NEO Bankside, um empreendimento residencial na região de Bankside em Londres, projetado pelo escritório Rogers Stirk Harbour + Partners.

O empreendimento compreende 217 unidades residenciais em cinco prédios, que variam de seis a vinte e quatro pavimentos.

No pavimento térreo, unidades comerciais ocupam 1044 m2. Uma portaria principal está localizada no ponto focal do empreendimento, na base do prédio mais alto. Um porão ocupa todo o subsolo, servindo como depósito.

A forma hexagonal e o grid ortogonal da estrutura oferecem flexibilidade no planejamento do layout interno. O programa pedia uma gama de apartamentos, de quitinetes e unidades de um dormitório até  apartamento de quatro quartos, cada um de um tamanho diferente. As coberturas são unidades duplex, com estruturas de pavilhão, que tira partido dos planos do telhado com salas de estar de pé direito duplo. Nas faces norte e sul, estão jardins de inverno que reforçam a relação com as ruas do entorno.

01_Stirling Prize Neo Bankside 02_Stirling Prize Neo Bankside 03_Stirling Prize Neo Bankside 04_Stirling Prize Neo Bankside 05_Stirling Prize Neo Bankside 06_Stirling Prize Neo Bankside 07_Stirling Prize Neo Bankside 08_Stirling Prize Neo Bankside

Stirling Prize Neo Bankside Croqui Site Stirling Prize Neo Bankside detalhe RSHP_0601_P_C_FP07_01.dgn

A indicação do projeto causou alguma controvérsia – em meio a uma crise na habitação no Reino Unido, o Neo Bankside é acusado de representar tudo que há de errado com o panorama da construção civil em Londres no momento: apartamentos incrivelmente inacessíveis para a maior parte da população (as coberturas à venda no momento custam a partir de £6 milhões, enquanto apartamentos de um quarto e cerca 55m2 estão no mercado na região de £800 mil) e desrespeito às regras de planejamento. A discussão é: seria o papel estético da arquitetura mais importante que o papel social? Jogo a pergunta pra vocês! 😉

Imagens: Architects’ Journal, RSH+P