Livraria Foyles, por Lifschutz Davidson Sandilands

Hoje chegou minha cópia da revista Architects’ Journal da semana passada e dentro dela veio esse projeto da Livraria Foyles, que fica no centro de Londres.

Foyles - 1912-2014

Uma das livrarias mais famosas do mundo, a Foyles está na Charing Cross Road desde 1906. O prédio antigo, onde a loja funcionava desde 1929, já não atendia mais as necessidades da livraria. Então, em 2008, com a mudança da escola de arte Central St Martins para um novo endereço, a Foyles comprou o antigo prédio e, com projeto do escritório Lifschutz Davidson Sandilands, o transformou em uma loja de 5 andares, mais 13 apartamentos de luxo, que foram vendidos para financiar o projeto.

Foyles - fachada

Foyles 01

A ideia era criar um lugar que as pessoas queiram visitar, ao invés de comprar livros pela internet, então a ênfase do projeto é tornar a experiência de “navegar” pela loja o mais simples e prazerosa o possível. Isso, porém, não significa a negação total à tecnologia: ao se conectar ao wifi da loja, um aplicativo possibilita a busca de títulos por palavra chave e é possível não só verificar a disponibilidade dos livros procurados, mas também ser guiados até eles. A tecnologia a serviço das lojas físicas!

Foyles 03

Foyles 02

Foyles 05

Foyles - basement

Foyles - térreo

Foyles - níveis 1 e 2

Foyles - níveis 3 e 4

Foyles - níveis 5 e 6

Foyles - corte

Ainda não levei minha câmera para passear por lá, mas pretendo em breve!

Curta a página no Facebook 

{Imagens: 1. 2 + plantas e corte: Architects’ Journal – 21.11.14. 3-8.}

{Inspiração} Décor nórdica

Gente! Depois de uma semana brava em que rolou de tudo, menos blog, estou de volta! Me coçando desde terça passada para postar sobre esse assunto.

Há algum tempo o estilo escandinavo de decoração está em voga, mas como eu disse aqui, nessa estação ele está em todos os lugares, em todos os catálogos. Na semana passada, nós estivemos na loja de departamentos John Lewis e eu peguei o catálogo outono/inverno da loja – vocês ainda vão ler bastante a respeito por aqui! Logo de cara, o primeiro capítulo, é a respeito do estilo.

John Lewis - capa catálogo

O Scandi, como é conhecido por aqui, é caracterizado pelo mínimo: formas simples, design funcional, paleta de cores neutra com toques sutis de cor. Texturas e inspiração direta do modernismo ajudam a criar o look, ao mesmo tempo despojado e sofisticado.

jl-home-edit-copenhagen

Separei três imagens do catálogo para vocês se inspirarem – confiram!

Catálogo John Lewis 01 Catálogo John Lewis 02 Catálogo John Lewis 03

Quantos ícones do mobiliário modernista dá pra contar nessas fotos? Aqui, eles se mesclam harmoniosamente com móveis e acessórios contemporâneos – alguns claramente inspirados no design dos anos 50-60.

Adoro esse estilo, mas não sei se combina comigo – gosto muito de usar cor! E vocês – curtem ou não?

Curta a página no Facebook

{Imagem: 1.}