Morando num estábulo

Boa segunda, meu povo! Todo mundo descansado? (Enquanto você está lendo isso, eu provavelmente estarei rolando na lama em algum parquinho ou assistindo Frozen pela milésima vez. Rezem por mim!)

A alguns posts atrás, eu comentei que eu estava precisando de um currículo – e aqui está o porquê: estou querendo mudar. De casa. De estado. De país. De vida. Bom, como nada nessa vida é simples, para que isso seja possível, precisamos de empregos. Apesar da opção óbvia ser o meu marido conseguir uma transferência pela empresa que ele trabalha, na prática a teoria é outra. Então estamos todos procurando empregos para conseguirmos possibilitar essa mudança.

Como a área que temos em vista é bem mais barata em relação a preços de imóveis, estamos procurando um lugar bem maior – um lugar com um jardim bacana, que nós possamos adaptar para as nossas gatas poderem brincar lá fora, um lugar com espaço suficiente para meu estúdio e para um lab do meu marido. Como a situação está ainda apenas no plano das ideias, a mente da arquiteta já cria milhões de sonhos de uma noite de verão, e o principal desses é comprar um prédio velho e converter em uma casa.

É uma tendência que está crescendo muito em toda a Europa nos últimos anos, transformar igrejas, moinhos, estábulos fora de uso em residências. E os resultados podem ser magníficos. Hoje vou mostrar pra vocês um estábulo reformado pelo escritório de arquitetura Snook Architects. O estábulo Cat Hill se localiza nas colinas do condado de Yorkshire, na Inglaterra e uma das condições para a permissão das autoridades locais para o projeto ser executado é que ele não poderia parecer muito residencial. O resultado é que por fora ele se parece com qualquer estábulo de pedras, salvo pelas grandes aberturas de vidro, e por dentro é uma casa contemporânea, com grandes espaços integrados nas áreas de uso comum – uma pequena parede separa a área de jantar e cozinha da sala de visitas.

cat-hill-barn-7cat-hill-barn-8cat-hill-barn-1 cat-hill-barn-2 cat-hill-barn-3 cat-hill-barn-4 cat-hill-barn-5 cat-hill-barn-6

A cozinha-sala de jantar tem um pé de direito duplo magnífico que faz meu coração bater mais forte. Pena que não encontrei fotos dos quartos, mas cada vez que eu olho pra essa casa, mais certeza eu tenho que eu queria morar num lugar assim.

{Imagens: Snook Architects, Dezeen}

One comment

Deixe um comentário!